Custo de vida aumenta com o aluguel de temporada

O aluguel de temporada precisa de regulamentação. Não se trata de proibí-lo, mas de limitá-lo”.

A opinião é do presidente Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares, Similares, Parques e Museus da Região das Hortênsias – SindTur, Fernando Boscardin, para quem o aluguel de temporada gera repercussões sociais negativas para a maioria da população.

Uma delas é o encarecimento do aluguel para residentes.

De acordo com o presidente do SindTur, “a pouca oferta de imóveis dispara os preços, o que obriga as pessoas a irem morar na periferia ou até mudarem de cidade, fazendo com que elas tenham que percorrer longos trechos para trabalhar”. Segundo Fernando Boscardin, esta realidade também impacta os empreendedores, que pagam parte do transporte dos trabalhadores.

De acordo com o SindTur, nos últimos dois anos houve uma queda na taxa da ocupação hoteleira, o que acaba reduzindo os chamados “pontinhos” que complementam a remuneração dos trabalhadores do setor.

“Além de sofrerem com o aumento dos aluguéis, boa parte dos trabalhadores ainda pode ter redução em seus ganhos em virtude do aluguel de temporada”, finaliza Fernando Boscardin.

Fonte: http://www.mironneto.com/site/noticia.php?noticia=1881

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Continue lendo...