COMUNICADO

COMUNICADO O Sindtur/Serra Gaúcha Vem, por meio desta, solicitar ao governo do Estado que mude sua estratégia de gestão da crise em virtude do locaute dos caminhoneiros. A criação de comitês de gerenciamento de crises para abastecer as cidades, solicitando permissões ao comitê central, coordenado pelo vice governador, não está funcionando.

Neste momento, qualquer plano de contigenciamento é irrelevante porque não há nada a contingenciar mais em algumas cidades, como as nossas da Região das Hortênsias.

Neste momento é preciso ordenar que as forças de seguranças do Estado cumpram seu papel, como vemos no Estado de São Paulo na manhã de hoje. Cabe também solicitar ao Comando Militar do Sul apoio para liberar as rodovias em conjunto com as forças estaduais.

Há uma decisão judicial que autoriza o uso da força, quando for o caso, aplicação de multas e confisco de caminhões para o abastecimento das cidades. Só quem tem legitimidade para o uso da força, se necessário, são as polícias e o Exército.

Estamos assistindo desabastecimento, agressões a quem deseja trabalhar, depredações, ameaças a funcionários e proprietários de postos, sem uma enérgica reação do poder do Estado.

Todo e qualquer cobrança por abastecimento a partir de agora deve ser feita ao governo do Estado, que comanda estas forças de segurança. Não é mais possível que se assista ao caos, sem nada fazer.

Gramado e Canela estão entre as cinco cidades mais importantes do país no turismo e estão completamente desabastecidas de toda sorte de combustíveis.

A sociedade civil já fez o que estava ao seu alcance. Cumpre às forças militares cumprirem a ordem judicial emanada pelo Supremo Tribunal Federal, sob pena de aumentar os ja irremediáveis prejuízos econômicos. Estamos nos sentindo abandonados. Fernando Boscardin Sindtur/Serra Gaúcha.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Continue lendo...